chacalog


  FICAR PARA APAGAR AS LUZES ? EU É QUE NÃO !  

o rio me adoece. ou será a falta dela ?

em uberlândia sou tratado como um brother.

é tv, é terreiro, é teatro, é palestra, é o goma.

em são paulo, meu amor dá as cartas.

sou muito bem recebido por duas grandes editoras

(no rio em cinqüenta e oito anos, nunca fui a uma.

acho que aqui mal passamos do mimiógrafo ).

fui muito bem acolhido na secretaria estadual

de cultura paulista. creio que faço a virada cultural

e dou oficina de poesia em 5 cidades esse ano.

no rio sou convidado pela diretora da rádio do estado

para colocar um programa no ar. uma hora de conversa.

no final, quanto vcs pagam ? resposta : nada.

afora isso, o silêncio sepulcral da prefeitura

em relação ao cep 20.000, um acontecimento de 18 anos

que revelou um sem número de artistas,

que sopra as brasas do fogo morto da cultura carioca

há quase duas décadas.

o rio me adoece. me aborrece. esse ciclo sem fim

de drogas, armas, violência e morte. enchi o saco.

vou embora para uberlândia.

vou embora pra são paulo. ser tratado com respeito.

acumulei muito tempo no rio. tempo de fruição,

tempo meditativo. ( o rio é zen. zen dinheiro. zen trabalho ).

tempo cronológico. vou gastá-lo em são paulo. que lá é produto escasso.

agora kairós me guia.

vou levar minha bicicleta. meu jardim será o sesc.

nadarei de lá pra cá. namorarei minha zunga.

terei um fôlego fenomenal

para escrever as memórias de uma vida dedicada

a viver a poesia.

 

 

  [ 1 comentário aprovado]



Escrito por chacal às 21h08
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


GOMA GOMA GOMA: SUPERUBER POP ROCK

 

vitrine na entrada do GOMA

 

Em uberlândia conheci o GOMA, cultura em movimento, http://gomamg.blogspot.com/

Uma parada rara. Um casarão espetacular com bar, mesa de sinuca, roupas sensacionais, livros e cds, só na entrada.

Noutro ambiente, sala de shows e pista de dança, banheiros e bar. Em cima outra sala grande para reuniões e escritório. Respira-se radioatividade.

Pessoas sinucando ou tramando nas mesas algum assalto ao marasmo dessa vida.

Conheci em nova york o bowery poetry club. Me apresentei lá duas vezes.

Lugar histórico na cidade. Ginsberg lá uivou. O Bowery é um clube de poesia, principalmente, mas rola de tudo um pouco, todos os dias da semana de seis da tarde à meia noite. São concursos de slam poetry, stand up comedy, shows de rap, rock, jazz, etc, etc. na entrada, um bar com café, sucos e comida natural, livraria com muito HQ, camisetas do clube. No outro ambiente, um grande balcão com muita bebida e a sala de shows de tijolinho nas paredes, um palquinho excelente e cadeiras soltas para o público. Quando fiz minha performance, meio em português, meio em inglês, ganhei um CD com a apresentação no fim. Belo truque.

sinuca e vestido

No Goma, me senti no Bowery ou na Casa da Matriz ou no CEP 20.000 no Rio, com a força da galera. Dei palestra sobre minha vivência com poesia e movimentos. As cadeiras tomadas. Pessoal atento, poetas diversos querendo saber do verbo.  Acabei a fala com uma heresia. Disse que troquei “sexo, drogas e rock and roll” por “saúde, discernimento e entusiasmo”. Me preparei para o linchamento, mas a galera aliviou. Um dia me explico melhor.

Agradeço ao Thales, a Larissa, ao Danislau, ao Walber, ao Ednardo, ao Lu, a menina dos cabelos vermelhos, a Carol, aos caboclos todos por tocarem com a força da utopia de mercado, esse empreendimento que só faz soltar as asas da imaginação, da dança e da gira superuberlândica. GOMA GOMA GOMA: Até jah !

  

banheiros

 

  [ 1 comentário não avaliado]



Escrito por chacal às 21h07
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Tangenciando DANISLAU TAMBÉM, um poeta em ação,

um poeta emoção, autor de O HERÓI HESITANTE

click aí :

http://www.youtube.com/watch?v=6mN9Nr8suzc

 ok caboclo !!!

 \\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\

e aqui seus insights ====  http://www.danislautambem.com.br/



Escrito por chacal às 20h58
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Poema do meu amigo  Dado Amaral , um ex-eterno Boato, que tem recém lançado o livro "OLHO NU" e o blog  FEBRIL  = http://febrix.blogspot.com/

letra antiga inacabada


da fila

essa é a tal da fila
que o povo fala

é gente atrás de gente atrás de gente atrás de gente

é gente atrás de ti gente na tua frente

espera espera muito e não anda nada
essa fila ainda entra pela madrugada

o esporte nacional do brasileiro é
entrar no fim da fila e esperar de pé


Escrito por chacal às 20h15
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


 

TRAÇADOS DIVERSOS

Foi legal o lançamento da antologia TRAÇADOS DIVERSOS, quinta passada na biblioteca alceu de amoroso lima. pena o som estar mambembe e os poemas, na preciosa voz de seus autores, tenham soado confusos. a velha prática da poesia para decorar cerimônias. só que nesse caso, ela era a estrela principal. mas TRAÇADOS DIVERSOS está muito excelente. a nata da jovem guarda dos veteranos. ótimo que antologias se reproduzam, lançando poetas, confirmando outros. esse é, muitas vezes, o primeiro contato de leitores com uma série de poetas. gosto do nível dessa antologia. está além de clubinhos e panelas, de estilos e escolas. o nível é alto e bom e mostra a poesia viva para quem quiser vivê-la. leiam am am am ......

 

                             

donizete galvão, fábio weintraub, ivan marques, adilson miguel, annita costa malufe, eu, fabrício corsaletti,  fabiano calixto, ruy proença no lançamento da antologia "traçados diversos". 19/03/09. são paulo.

a antologia é do adilson miguel, com apresentação do ivan marques. ainda estão em TRAÇADOS DIVERSOS, editado pela Scipione,

antônio cícero, ricardo aleixo, arnaldo antunes, bruna beber, heitor ferraz e fernando paixão.

as fotos são da mariza proença ( gracias !)

 



Escrito por chacal às 17h39
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


 

eu e o espetacular danislau também em performance

 

na turnê "pele de asfalto" em uberlândia 17 / 03 /09 

as fotos são da excelente luana 'magrela' diniz.

 



Escrito por chacal às 17h29
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


noite anárquica

você convulsa

acordei quebrado

ponte levadiça

abalroada por navio em chamas

grumetes cantando em coro:

quem essa ponte pênsil que é ?

zúngara ( zunga ) + zíngaro ( zingo )



Escrito por chacal às 09h56
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
Meu perfil





BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, GAVEA, Homem, de 56 a 65 anos, Portuguese, English, Livros, Música
Outro -



Meu humor



Histórico


Votação
Dê uma nota para
meu blog



Outros sites
 cooperifa / sergio vaz
 bendita palavra maldita
 cep 20.000
 ubuweb
 mario bortolotto
 fernanda d'umbra
 cemitério de automóveis
 ademir assunção
 radiocaos
 cronópios
 daniel soares / dudu pereira
 ivana arruda leite
 márcio américo
 thadeu wojciechowski
 cão danado - cássio amaral
 sensívelldesafio
 cléo de paris
 lorena poema
 marcelo sahea
 simone kaplan
 cecília-borges
 sobrecasaca
 numa noite qualquer
 raul mourão
 orfanato portátil - marcelo montenegro
 paulo scott
 a dobradura / alice sant'anna
 pat lopes
 carol luiza
 BAILINHO
 paulo pessoa
 inverno de julho
 eu e minha bicicleta
 jaguadarte
 as escolhas afectivas
 pseudopop / ledusha
 ERRATICA
 leminiskata / solda
 big city small town / edkuma
 dado / febril
 danislau também
 marcelo noah
 girassóis e vinho tinto
 ENTRE SÉRGIO PORTO
 cidadão do mundo / são caetano